HomeTestes e Reviews de MotosYamaha R15: esportiva de entrada que queremos no Brasil

Yamaha R15: esportiva de entrada que queremos no Brasil

Já pensou em ter uma moto de 125 cilindradas com cara de esportiva? Para motociclistas da Europa é possível e quem garante isso é a Yamaha com a esportiva de entrada R125, a representante que abre as portas para a gama R da marca.

O modelo custa um pouco mais de 5 mil euros

Assim, a Yamaha oferece a R125 por um pouco mais de 5 mil euros, mas como é uma moeda bem valorizada, na conversão direta para o real dá algo em torno dos R$ 33.198.

 

Esportiva de entrada na Europa

O motociclista iniciante pode ter uma moto da linha R na Europa

Na Europa, o sistema para ser habilitado para pilotar motocicletas é bem diferente que no Brasil. No outro continente existe classificação da carteira, sendo a A1 para guiar modelos com motores até 125 cc.

moto esportiva de entrada

Assim, a Yamaha investiu em acabamento que nos recorda as irmã maiores da R125

Dessa forma, abriu-se a possibilidade de investir em uma esportiva de entrada que atendesse a esse público habilitado com a categoria A1. Foi então que a R125 ganhou espaço entre o público jovem e recém aprovado no exame para pilotar. Afinal, todo mundo quer pilotar com estilo.

 

Motor da R125

O motor da máquina é amansado para seguir as regras europeia da habilitação A1

Dessa forma, para conquistar os habilitados com a A1, a esportiva é movida por um propulsor monocilíndrico e refrigerado a líquido de 124,7 cc, a moto de entrada no segmento produz apenas 15 cavalos de potência, compatível com as regras do Euro5 e da categoria A1.

No entanto, o modelo não deixa a desejar no estilo

Além disso, aliado ao motor de  124,7 cilindradas há  uma transmissão com seis marchas para ajudar no desempenho nas pistas. 

 

Componentes da baby esportiva

Assim, a Yamaha não economizou na característica esportiva e colocou proteções de alavanca

Não é porque a moto está na categoria de 125 cc que vai deixa o DNA de esportiva de lado. Assim, a Yamaha equipou a R125 com proteções de alavanca de gente grande, ou melhor, das irmãs maiores da linha R.

As carenagens dão impressão de a moto ter mais cilindradas

O seu painel de instrumentos é LCD para permitir uma boa visibilidade. O modelo recebeu braço oscilante, Tipo Link com curso de 130 mm, na  suspensão traseira e um garfo invertido elegante, com curso de 114 mm,  na suspensão dianteira.

 

O painel de instrumentos que a Yamaha escolheu para equipar a R125

Veja também:

Design da esportiva de entrada

moto esportiva de entrada

O design não nega que a moto pertence a linha de esportivas R

A Yamaha não decepcionou no design e bebeu muito da influência das irmãs maiores R6 e R1. Dessa forma, o modelo tem carenagens que nos recorda a linha R e está disponível em dois esquemas de cores, sendo o racing blue e o preto fosco.

R125 no Brasil

moto esportiva de entrada

Assim, o garfo invertido traz  elegância para a baixa cilindrada

Apesar de ser uma opção barata para o mercado europeu, a moto esportiva de entrada da Yamaha ainda não é vendida no Brasil. No entanto, o custo para trazer a R125 pode acabar adiando uma opção interessante de entrada para o segmento esportivo no país.

Veja mais em Motonline.com.br

Leia Também

close