HomeMotorsports.ptMXGP, Holanda: Jeffrey Herlings "joga" em casa, mas com competição à altura

MXGP, Holanda: Jeffrey Herlings “joga” em casa, mas com competição à altura

Este fim-de-semana o Campeonato do Mundo de Motocross terá lugar em Valkenswaard, na Holanda e, como piloto da casa, Jeffrey Herlings será um dos fortes candidatos à vitória.

O piloto da Red Bull KTM Factory estará, não só, a competir em casa, como também ostenta oito impressionantes vitórias neste local, sendo um dos grandes especialistas em areia. Além disso, o facto de ter ganho no fim-de-semana passado, em Matterley Basin, mostra que podemos ter grandes expectativas para o Grande Prémio da Holanda.

No entanto, e apesar das lesões que ainda o incomodam, Antonio Cairoli já venceu em Valkenswaard por diversas vezes. Em Matterley Basin conseguiu subir ao pódio e, quem sabe, poderá tentar a vitória no domingo.

Ainda na equipa Red Bull KTM Factory Racing, Jorge Prado também pode ter um papel importante nas corridas deste fim-de-semana, visto que venceu o MXGP da Holanda na temporada passada, em MX2. Embora ainda esteja a recuperar da sua recente lesão, não há dúvidas de que Prado tentará somar o máximo de pontos possível e, provavelmente, terminar no top 10.

Depois de uma primeira manga menos bem sucedida no passado fim-de-semana, Tim Gajser mostrou que quer defender o título de campeão do mundo da melhor forma possível. Depois do segundo lugar na Grã-Bretanha, o piloto da Team HRC tem tudo para tentar conquistar a vitória em Valkenswaard. Tendo em conta que venceu o Motocross das Nações, realizado na areia profunda do circuito de Assen, o MXGP da Bélgica, em Lommel, e terminou na terceira posição no MXGP da Holanda no ano passado, Gajser vai, com certeza, lutar pela vitória. O seu colega de equipa, Mitch Evans, também estará confiante, depois de ter terminado em quinto lugar na sua estreia na categoria rainha, em Matterley Basin.

Um dos outros pilotos da casa que também poderá tentar juntar-se à luta pela vitória é Glenn Coldenhoff. O holandês tem tudo para surpreender em Valkenswaard, tendo em conta que ganhou na classe Open, em Assen, no Motocross das Nações.

Arminas Jasikonis terminou em quinto lugar na geral, no ano passado, em Valkenswaard e foi o segundo piloto mais rápido nos treinos cronometrados, atrás de Cairoli, pelo que a velocidade à volta do circuito de areia não será um problema para lituano.

O piloto da Honda SR Motoblouz, Jeremy Van Horebeek, que foi terceiro nos treinos cronometrados, mostrou que tem a velocidade necessária, ao ter terminado em quarto lugar na geral.

Clement Desalle, da Monster Energy Kawasaki MXGP, e Gautier Paulin, da Monster Energy Yamaha Factory MXGP são dois outros nomes que poderão estar em destaque no Grande Prémio da Holanda. No ano passado, Desalle terminou em segundo lugar em Valkenswaard e, este ano, pode voltar a tentar repetir o feito. Já o seu companheiro de equipa, Romain Febvre, já tinha falhado o MXGP da Grã-Bretanha devido a uma lesão anterior que lhe continua a causar dores e vai ficar também de fora do GP da Holanda.

Foto: MXGP



Veja mais em MOTORSPORTS.PT

Leia Também

close