MXGP, Inglaterra (Jorge Prado): “Terminar em 10º não é algo a que esteja habituado”

0
89

Até há menos de uma semana, Jorge Prado nem era suposto participar na ronda de abertura, em Inglaterra. Contra todos os pressupostos, arriscou e conseguiu terminar no Top 10.

Jorge Prado conquistou o 10º lugar na classificação geral no Grande Prémio Britânico, em Matterley Basin, conquistando assim 21 pontos valiosos para o campeonato, apenas três meses após fraturar o fémur esquerdo.

“Há dois meses e meio, parti o meu fémur. As primeiras corridas estavam fora do nosso calendário. No entanto, hoje fiz a minha estreia na primeira corrida do campeonato mundial, competindo contra os melhores do mundo e terminando no Top10. Estou muito feliz!”, afirmou o piloto da Red Bull KTM Factory Racing.

Apesar do pouco tempo que passou em cima da moto desde o acidente que sofreu no final do ano passado, Prado mostrou-se em grande forma na sua estreia na categoria rainha. No entanto, parece estar focado em melhorar rapidamente os seus resultados assim que estiver a 100%.

“Sou campeão do mundo, por isso terminar em 10º não é algo a que esteja habituado. Os últimos dois anos têm sido muito bons mas tenho de olhar para esta corrida de outra forma. Portanto, depois de apenas duas semanas em cima da moto, tenho que me sentir muito feliz com o resultado”, disse Jorge Prado.

“Não tive dores e tenho trabalhado muito. Foi o melhor que pude fazer. Eu diria que os últimos 6-7 minutos mais as duas voltas da segunda manga foram bastante difíceis”, referiu o jovem piloto espanhol. “A pista estava muito complicada e eu estava já bastante cansado. Não queria cair e o sol estava muito baixo. Primeira corrida da temporada, primeira corrida numa 450 e a última vez que tinha corrido foi em Assen: que fim-de-semana!”.

O MXGP segue para a Holanda já neste fim-de-semana e Jorge Prado irá, certamente, tentar melhorar os resultados da primeira ronda do campeonato.

Foto: Ana Rita Nunes



Veja mais em MOTORSPORTS.PT