HomeRevista PróRoyal Enfield atinge 1.000 emplacamentos e celebra 20ª concessionária no Brasil

Royal Enfield atinge 1.000 emplacamentos e celebra 20ª concessionária no Brasil



A marca comemora 120 anos confirmando aposta no Brasil com recorde de vendas em um mês e a abertura da nova loja, em Niterói (RJ)

Comemoração tripla para a Royal Enfield no país, porque a montadora de origem britânica e atualmente com sede na Índia marcou 1.000 emplacamentos no mês de agosto, segue ampliando sua rede de concessionárias com a inauguração de uma loja em Niterói e ainda em 2021 completa 120 anos de operações contínuas. Poucos aniversários são festejados com realizações tão significativas nas empresas globais como a companhia está podendo desfrutar e ainda estender aos seus clientes com a série de lançamentos que têm feito, como a chegada da Meteor 350 e a atualização da Himalayan com navegador exclusivo da marca.

O emplacamento de, precisamente, 1.038 motocicletas em agosto representa um market share para a Royal Enfield de 7,6%, no segmento de média cilindrada. Isso quer dizer que a empresa mais que dobrou esse índice, se considerarmos o mês em relação ao período de oito meses do ano. Inclusive, em números absolutos, a empresa vinha com emplacamento na casa de 500 motos, aproximadamente, ao longo de 2021. No entanto, apenas em agosto o desempenho de vendas superou o dobro do volume médio mensal.

“Estamos muito satisfeitos com a performance de vendas no Brasil. Nossos estudos sobre o mercado de média cilindrada nos dão suporte para continuar com o ritmo de desempenho. Nós identificamos potencial em um segmento que atualmente não é explorado no Brasil”, explica o diretor geral da Royal Enfield no Brasil, Claudio Giusti. “Estamos aqui para atender os clientes que estão dando o primeiro passo às motocicletas de média cilindrada, os pilotos que querem dar o próximo passo a partir das motos com cilindradas mais baixas, também para quem busca experiência e harmonia entre piloto, máquina e terreno. 

Giusti ainda diz que para a companhia é essencial garantir atendimento e serviços para a comunidade Royal Enfield brasileira, por isso é um esforço permanente de todo o time nomear uma rede engajada, alinhada aos valores e estilo da marca, além de ter foco em acolhimento e relacionamento com o cliente.

De fato são tempos muito positivos para a Royal Enfield, que também celebra a abertura da Royal Enfield Niterói (RJ), a vigésima loja da rede no Brasil e atingindo desta forma a meta de abertura de vinte concessionárias em 2021 e representa a confirmação de que o público brasileiro aderiu ao estilo da marca, que incentiva o motopurismo, a comunidade e a liberdade.

A nova concessionária mantém a identidade da marca com estrutura e visual de butique e ambiente acolhedor. Segundo Giusti, o clima Royal Enfield é um atributo importante na rede toda porque é desenhado para promover o contato e interações entre as pessoas, com a finalidade de gerar o espírito de comunidade já na visita à loja. Em termos de negócios, o diretor geral conta que é marcante para a companhia atingir esse marco na rede, mas seu significado é ainda mais relevante para a operação nacional: “a cada concessionária que propomos e efetuamos, contamos com a confiança de empresários brasileiros, pessoas que acreditam na nossa marca, investem e têm tido resultados importantes e rapidamente. Sem dúvidas, é muito gratificante vivermos esses momentos de expansão e consolidação na marca no Brasil”, explica Giusti.

A Royal Enfield Niterói está localizada na Estrada Francisco da Cruz Nunes, número 4764, do município fluminense. Desde o dia 30 de setembro, os clientes passaram a dispor de oficina, equipamentos, acessórios e motorclothes, além das motocicletas do line-up atual, que inclui a Meteor 350 e a Himalayan, ambas com o navegador exclusivo Tripper.

“No ano em que a Royal Enfield comemora 120 anos, poder alcançar esses números com a operação brasileira é realmente marcante para nossa história no país e para a representatividade do Brasil na companhia mundialmente. Nós apostamos e investimos no mercado local com segurança no potencial existente no segmento de média cilindrada que é pouco explorado por aqui”, comenta Giusti. “Por isso, reafirmamos nosso compromisso de longo prazo com o país ofertando motos robustas, praticando preços muito competitivos desde 2017 e oferecendo uma rede ampla de concessionárias para garantia de serviços, acessórios, peças e equipamentos, além do nosso portfólio”, finaliza.



Veja mais em Revista Pró

Leia Também

close